Para que serve a Creatina e como tomar?

Mais do que saber para que serve a Creatina, sabemos que você quer entender os efeitos em seu corpo e os benefícios do suplemento. Este artigo será um guia completo com tudo o que é preciso saber sobre o produto. Além disso, fornecemos os melhores sites para comprar com cupons de desconto ou frete grátis.

Para que serve a creatina?


O que é creatina?


A creatina é uma proteína composta de três aminoácidos: glicina, arginina e metionina. Ela está presente em pouca quantidade em alimentos de origem animal, mas não na concentração do suplemento. O nosso corpo também a produz, mas se suplementada leva ao aumento de força e ganho de massa muscular.


Quais são os tipos encontrados em lojas de suplementos?


Quem busca os benefícios do produto certamente estará atrás da melhor creatina do mercado. Por isso, é importante saber que há mais diferenças do que simplesmente a apresentação ser em creatina em pó ou em cápsula. Os tipos possíveis encontrados em lojas de suplementos online são:

  • Monohidratada, que pode ser:
    Micronizada
    Alcalina
  • HCL
  • Serum

A creatina monohidratada possui uma absorção mais lenta, por ter sido filtrada de forma simples. Por isso, é também vendida a um valor mais baixo do que as outras. Já quando vem na versão de creatina micronizada, é filtrada em partículas bem menores, o que faz com que sua absorção seja mais rápida. Por esse motivo, também é a mais buscada e possui um preço um pouco maior.

Para quem não conhece, a versão alcalina é uma versão com pH mais alto, o que supostamente aumentaria o seu potencial de absorção.


Qual é a melhor creatina do mercado?


Até hoje não há estudos provando que um determinado tipo seja a melhor creatina a se comprar. Portanto, não faz sentido gastar mais dinheiro na micronizada, se a creatina monohidratada deve ter o mesmo benefício. Quando falamos do selo de pureza, CreaPure®, no entanto, temos aí um bom motivo para dar preferência.

Creatina Creapure


O que é CreaPure® e para que serve?


Creapure® é um selo e também uma marca registrada que oferece certificação de pureza, kosher e halal aos usuários. Desse modo, ao optar por uma creatina monohidratada com esse selo, há garantia de que não há outras substâncias adicionadas. Além da pureza, a qualidade também é garantida – o que é importante para um dos melhores suplementos para ganhar massa muscular.


É melhor tomar creatina em pó ou em cápsulas?


Há algumas considerações a serem feitas pela pessoa que quer definir se deve tomar creatina em cápsulas ou em pó. Para enumerar algumas:

  • A preferência da pessoa quanto à praticidade.
  • Preferência por ausência de gosto (cápsulas).
  • Custo-benefício.
  • Possíveis alergias.

A creatina em pó decididamente possui o melhor custo-benefício, por oferecer maior quantidade. No caso de quem busca o melhor preço, temos ótimas indicações de lojas online com desconto aqui no site. Além disso, a opção em cápsulas pode conter corantes que não podem ser consumidos em casos bem específicos.

No entanto, se misturar o produto ou topar o seu gosto característico for inaceitável, opte pelas cápsulas mesmo. Geralmente, não deverá haver diferenças entre a creatina em pó comparada àquela vendida em cápsulas.


Onde comprar pelo melhor preço?


Caso já tenha lido outras páginas do site, sabe que a Suplementei busca informar e trazer os melhores preços de creatina e suplementos em geral. Por isso, o ideal é sempre olhar as nossas listas atualizadas com as lojas online com o melhor valor de creatina.

Creatina Universal: Vale a pena ou não comprar?
Uma das melhores!
Creatina Integralmédica: Hardcore é boa mesmo?
Ótimo custo-benefício!
Creatina Max Titanium é boa para ganhar massa magra?
Pura e barata!

Quais são as melhores marcas de creatina?


Uma das maiores dúvidas sobre a creatina é qual a melhor dentre as melhores marcas do mercado. Mesmo após verificar ser creatina monohidratada e levar o selo Creapure, a decisão ainda pode pesar. Uma maneira é utilizar o preço como fator decisivo, mas será que é a melhor saída?

Selecionamos algumas das melhores marcas de creatina e criamos análises separadas para cada uma delas. Da creatina Universal à Max Titanium, nós avaliamos o que pode ser melhor para o bolso e o corpo dos nossos leitores. Por isso, não deixe de ver o que temos a dizer sobre a creatina Optimum e todas as outras.

1.
Creatina Universal: Vale a pena ou não comprar?

Selo Creapure de qualidade!

Uma das melhores!

2.
Creatina Integralmédica: Hardcore é boa mesmo?

Ótimo custo-benefício!

Ótimo custo-benefício!

3.
Creatina Max Titanium é boa para ganhar massa magra?

Creatina Pura e Barata!

Pura e barata!


Quais são seus benefícios e efeitos colaterais?


A maioria dos estudos sobre a creatina indicam aumento de força e hipertrofia. Os casos em que não houve melhora contaram com uma metodologia pouco útil, não decepcionando os defensores do suplemento. Em geral, a maioria dos usuários também concorda com os benefícios da creatina encontrados cientificamente:

  • Aumento da força
  • Capacidade de fazer mais repetições
  • Maior explosão
  • Aumento do volume muscular

A função da creatina em nosso corpo está diretamente ligada ao desempenho físico. Como a produção interna é limitada e a ingestão por meio de alimentos é baixa, faz sentido que sua suplementação leve à otimização da performance.

Efeitos colaterais da Creatina


Há efeitos negativos?


Juntamente com os benefícios, os supostos efeitos colaterais da creatina também chamam a atenção. Sabemos que a creatina retém líquido, porém não da forma que muitos imaginam. A retenção hídrica acontece dentro das células, aumentando o volume, mas não causando flacidez ou inchaço a ponto de parecer que engorda.

Mas e quanto às funções renais?

Esse é um tema recorrente, e até então não é possível afirmar com 100% de certeza qualquer coisa sobre a segurança do produto. No entanto, a evidência científica sugere que não há restrições para indivíduos saudáveis. Já pessoas que apresentem qualquer problema renal devem consultar um médico, pois é um produto que depende da capacidade dos rins.


Como tomar creatina corretamente?


Diretamente ligado com o máximo aproveitamento dos benefícios sem efeitos colaterais está em como usar a creatina. O produto deve ser consumido de acordo com as instruções que o acompanham. Desse modo, o consumo diário de 3g/dia, ou conforme o peso de um atleta com maior conhecimento, é a maneira mais segura de tomar creatina.

O tempo total de consumo possui diversas versões. Há quem nunca deixe de tomar, embora isso aparentemente leve a uma adaptação que reduz os efeitos da creatina. Outros recomendam o seu uso por 2 a 3 meses, com duas a quatro semanas de descanso ao corpo.

O ideal, então, seria testar as diferentes abordagens e tomar notas sobre a maneira de tomar que melhor trouxe efeitos benéficos.


Quando tomar o suplemento?


Não existe um momento específico em que seja ideal ingerir esse suplemento. Na verdade, ela se acumula conforme o uso, e os seus efeitos vêm com o tempo. Portanto, desde que ingerida diariamente, não importa se é antes ou depois do treino.

A sua ingestão com carboidratos, porém, tende a aumentar a velocidade e eficiência da absorção. Os carboidratos, é claro, devem ser também de rápida absorção. Por isso, não opte, por exemplo, por um shake com aveia – de digestão lenta.


Então não faz diferença tomar creatina antes ou depois do treino?


Exatamente. Não há nenhum indício de que o seu consumo antes ou depois do treino faça alguma diferença. No entanto, como mencionado anteriormente, se o pós-treino for o momento de ingestão de carboidratos de rápida absorção, faz sentido o seu uso nesse momento.


Esse suplemento engorda?


Não se trata de um produto com quantidade significativa de calorias, sendo apenas uma pequena quantidade de aminoácidos. Desse modo, não importando por quanto tempo se use, dizer que a creatina engorda é um equívoco. No entanto, sabemos sim que ela retém líquido, e isso consequentemente será refletido na balança como maior peso.

Agora você já está apto a utilizá-la, após entender para que serve a creatina, a sua função no organismo e quando tomar. Sempre que possível, mantenha seus exames em dia e consulte-se com um médico especialista.